Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Julho, 2010

Mais uma vez, BrewDog

Lembram da BrewDog? Uma cervejaria que gosta de chamar a atenção, seja com uma cerveja com um altíssimos teor alcóolico ou com rótulos criativos, dessa vez foi longe demais.
Eles criaram a cerveja The End of History (O Fim da História).

Preciso falar algo? Bom, a garrafa que vem com um animal empalhado, custa 500 libras (cerca de R$ 1350 reais).
Entre os animais usados estão sete mustelídeos, quatro esquilos e uma lebre. A cervejaria alega que todos os animais morreram de causas naturais e não foram caçados.
E é óbvio que isso ia gerar uma baita polêmica:
Duas entidades escocesas, uma de proteção aos animais e outra de combate ao alcoolismo.

A Advocates for Animals diz que a ideia de se usar animais mortos como garrafas é “perversa”.

“É sem sentido e é completamente negativo usar animais mortos, quando nós gostaríamos de celebrar animais vivos”, disse à BBC a diretora da Advocates for Animals, Libby Anderson.

“É uma forma errada de se pensar em animais. As pessoas deveriam aprender a respeitar os animais, em vez de usá-los como um truque idiota de marketing. Eu espero que as pessoas não joguem fora 500 libras em algo tão macabro.”

E por aí vai…
E vocês, o que acharam?

(fonte: http://www.terra.com.br)
___________________________________________

Bom final de semana, bebam com inteligência!
Júlia.

Read Full Post »

Cerveja e Publicidade

Na segunda-feira passada, dia 12, participei de uma palestra (que estava mais para bate-papo) com o cineasta Zé Pedro, o jornalista Túlio Milman e com o burgomestre Sady.

O assunto em questão? Cerveja e publicidade. Foi falado sobre leis, inclusive a tal lei seca nos estádios e em como isso pode afetar a copa de 2014.

Durante a conversa, tivemos a degustação de algumas cervejas do grupo Heineken:
Começamos com a Amstel Pulse. Uma cerveja leve, bem gostosa e suave.
Após, tivemos a harmonização de uma Heineken. Acho que não é nescessário falar da heineken, pois todos a conhecem.
E por fim, tivemos chope da Xingu. As cervejas de malte torrado não são as minhas favoritas, mas apesar de escura, é uma cerveja com um gosto suave.

Voltando a parte da publicidade, o Zé Pedro mostrou alguns comerciais dos quais ele participou da criação. Entre eles, este da skol.

O Sady mostrou algumas outras propagandas, entre elas, está da Birra Moretti free alcohol.

Por fim, o Túlio mostrou uma propaganda da Heineken.

E é isso aí.
Um abraço aos cervejeiros que la estavam presentes.
____________________________________________
Um brinde ao dia do amigo! (20/07)
Cheers!

Read Full Post »

Dia do Rock!

(fonte @heinekenbr)

Read Full Post »

Há aproximadamente 200 anos atrás, era comum beber cerveja em canecos de cerâmica, que não permitiam apreciar a cor e a transparência da bebida, nem observar a formação da espuma.

Hoje em dia, as industrias cervejeiras se esforçam para determinar um tipo de copo para cada marca e estilo produzido. Não é uma questão de marketing e sim de proporcionar um recipiente que melhor exponha e valorize as características e qualidades da cerveja.

O copo é a vitrine da cerveja.

O material, o peso, a espessura da borda, o formato e a limpeza do copo são fundamentais para garantir o prazer na apreciação visual e valorizar os aspectos sensoriais da bebida.
Para que se possa conferir o aspecto, a cor, o nível da espuma e sua degradação, a transparência do copo é fundamental: devem ser evitados copos opacos, principalmente os de plástico, totalmente inadequados à apreciação de cerveja.

Primeiro post sobre os copos. Nos próximos, falarei sobre cada tipo de copo para cada estilo de cerveja, modo de servir e mais.

Cheers!

(fonte: Larousse da Cerveja)

Read Full Post »